Psicoterapias e Psicologia

O que são Psicoterapias?

“Analisar uma doença costuma significar descobrir sua causa material. No entanto, a busca da causa material deveria incluir a tentativa  de descobrir o motivo da perda da harmonia.”

(Erhard F. Freitag)

“Consideremos por um instante como deve ser o sistema terapêutico ideal. Naturalmente, ele deve ser efetivo com um mínimo ou, idealmente, sem nenhum risco para o paciente. Sua eficácia deve ser baseada não apenas no alívio ou na ausência do sintoma, mas no fortalecimento do corpo e no bem estar do indivíduo, permitindo-lhe um prolongamento da vida. Não deveria, naturalmente, ser proibitivamente caro, podendo ser prontamente acessível e compreensível a toda a população. O importante, contudo, é que o sistema terapêutico ideal deve ter uma concepção clara das seguintes questões:

O que é, exatamente e em que sentido completo, o ser humano?
O que significa verdadeiramente ser saudável?
O que é precisamente um estado de doença?

A menos que essas questões sejam completamente entendidas, qualquer terapia será incapaz de produzir resultados sólidos, confiáveis e verificáveis ou até de reconhecer o progresso real, se este ocorrer.”
(George Vithoulkas)

Finalidade da Psicoterapia

A Psicoterapia procura o desenvolvimento da personalidade na direção da maturidade, competência e realização do eu. Isso exige a realização de vários objetivos como  uma maior compreensão, pela pessoa, de seu comportamento e seus problemas; uma melhor delineação da identidade da pessoa;  a solução de conflitos prejudiciais; a mudança de hábitos  ou padrões indesejados de reação; uma melhor competência nas inter- relações pessoais e o encontro de um caminho para uma existência mais significativa e realizada.

Não é fácil atingir esses objetivos e seria irrealista esperar que o psicoterapeuta pudesse, em poucas horas de entrevista, desfazer toda a história anterior do paciente e prepará-lo para enfrentar, de maneira inteiramente adequada, uma difícil situação de vida. No entanto, o psicoterapeuta tem algumas vantagem ao seu lado. A mais importante delas é o impulso interior do paciente para a integridade e a saúde. Certo grau de disposição do paciente – uma decisão de tentar – é essencial para que a psicoterapia tenha grande possibilidade de ter êxito.

O que é Psicologia?

A Psicologia é derivada de palavras gregas que significam “estudo da mente ou alma”e hoje é comumente definida como a ciência que estuda o comportamento humano e os processos mentais.
A Psicologia busca o restabelecimento do equilíbrio psíquico, prevenção e cura das patologias psicológicas, visando o bem estar, o crescimento pessoal e a saúde mental do indivíduo.

Psicologia: uma ciência unificada e completa?

Como outras ciências, a psicologia está longe de ser completa.Existem muitos fenômenos importantes que não compreendemos. Assim, as pessoas não devem esperar uma abordagem única do objeto da psicologia ou respostas para todos os seus problemas.

Diferenças entre Psicologia e Psiquiatria:

Muitas pessoas confundem Psicologia  e Psiquiatria. Os psicólogos e os psiquiatras muitas vezes ocupam empregos semelhantes. Todos os dois profissionais podem trabalhar em campos ligados à saúde mental, diagnosticando e tratando de pessoas com problemas psicológicos leves e graves. A grande diferença entre esses profissionais deriva de sua formação. Os Psicólogos Clínicos são Bacharéis em Psicologia, título esse adquirido ao completarem o curso superior em Psicologia. Os Psiquiatras ao contrário, completam a faculdade de Medicina e em seguida, para se qualificarem como Psiquiatras, servem aproximadamente 2 anos como residentes em uma instituição de saúde mental, geralmente hospitais psiquiátricos.

psicologia

Principais Especialidades da Psicologia

Avalia e trata de pacientes com problemas psicológicos. Realiza pesquisas sobre comportamento humano normal e anormal, diagnóstico e tratamento.

Promove o desenvolvimento intelectual, social e educacional de crianças nas escolas, estabelecendo programas e consultas, efetuando pesquisas, treinando professores e tratando de jovens com problemas. Desenvolve, planeja e avalia materiais e métodos para programas educacionais.

Combina o desenvolvimento de pesquisa, consulta e programas para aprimorar a eficiência, a satisfação e o moral no emprego. Recrutamento e seleção.


Compartilhe